Visitante, seja bem-vindo(a)!

Fale conosco
(64) 3453-1295
Atendimento
(64) 3453-1295
Whatsapp
(64) 9237-9723
(64) 9249-0922
Querem Imóveis Poupa Tempo

TURISMO CALDAS NOVAS

PRAÇA MESTRE ORLANDO

A praça Mestre Orlando fica bem no centro da cidade. Ela foi construída logo na fundanção de Caldas Novas em 1911. Quem já visitou Caldas Novas provavelmente já tenha passado por lá. Em 2007 ela foi reformada, se transformada num dos principais cartões postais da cidade. Ela foi reformada para ser uma grande praça de eventos. Seja noite ou dia, a visita vale a pena.

IGREJA MATRIZ E SANTUÁRIO

Construída em 1850, a igreja de Nossa Senhora das dores é considerada a construção mais antiga de Caldas Novas. Localizada no centro da cidade, a Igreja Matriz, mesmo tendo passado por reformas, ainda retrata em suas pardes e colunas de madeira um pouco da cidade, que ainda era intendência e já mostrava traços de prosperidade. 15 de setembro - dia dedicado a Nossa Senhora das Dores. A imagem de Nossa Senhora sendo trespassada no alto do calvário, por uma espada de dor, é motivo de devoção muito antiga. A devoção às dores de Maria tem um fundamento biblíco nas palavras proféticas de Velho Simeão: "Tua alma será atravessada por uma lança". Alías, o próprio evangelho põe em evidência a presença de Maria ao pé da cruz:"Junto à cruz estava de pé sua mãe".

A presença de Maria era uma presença de solidariedade nas dores do filho com relação. A morte põe em destaque a participação ativa de Maria nos sofrimentos redutivos de Cristo. Ela nos fa também compreender a necessidade de unir nosso sofrimentos ao de Cristo. A realidade também está presente no santuário de Nossa Senhora da Salete. Localizado ao pé da serra, o santuário leva o visitante a buscar um encontro com Deus.Fundado em 2004 pela Diocese de Ipameri-GO, o santuário é cartão de visita pela beleza do conjunto arquitetônico e pela visão panorâmicaque apresenta. Pela sua localização, em meio ao cerrado ecologicamente preservado, oferece um clima de grande paz e serenidade que envolve o visitante sobre o meio ambiente. Nossa Senhora da Selete é chamada de MÃE DA RECONCILIAÇÃO. Nos meses de setembro, também acontece a romaria à Nossa Senhora da Salete. Milhares de fiéis vem prefessar a sua fé à Nossa Senhora. Além de todas as quartas, sabádos e domingos serem celebradas missas no santuário. Caldas Novas oferece descanso para o corpo e para a alma.

FEIRAS

Caldas Novas além das águas quentes oferece ao visitante a oportunidade de interagircomos costumes e a cultura local.Prova disso são as feiras livres que estão presentes na cidade. A cidade posssui duas opções de feira de exposição. A feira livre que está exposta duas vezes por semana, pela manhã, às quartas-feiras e domingos, onde o visitante poderá degustar de comidas típicas da região, frutas e vegetais de artesanato.

Os produtos comercializados nesta feira são de produção dos agricultores rurais da região das águas quentes. Sempre com produtos frescos e deliciosos é a oportunidade perfeita de conhecer e degustar a culinária regional. Além da feira pela manhã, Caldas Novas também oferece uma feira noturna: A feira do luar. Exposta aos sábados, domingos e segundas, aqui os visitantes poderão desfrutar de uma culinária exuberante e diversificada, com pratos variados. Também poderá adquirir presentes e lembranças típicas de Caldas Novas. As feiras da cidade valem a visita.

LAGOA QUENTE

O grande protagonista da história de Caldas Novas foi Martinho Coelho, um garimpeiro paulista. Segundo a história, em 1777, Martinho percebeu que em uma pequena lagoa, cães se debatiam em agonia e verificou que a alta temperatura das águas escaldavam os animais. Foi quando explorou a área descobrindo várias fontes termais e, junto ao governo central, estabeleceu a fazenda de Caldas. Construiu-se a sede, que é presevada até hoje.

A lagoa Quente ou Lagoa do Piratinga possui nascentes termais, algumas chegando a 60º, são as águas mais quentes de toda a região. Aqui o visitante encontra o poço do quiema ovo, onde as águas naturais são capazes de cozinhas um ovo.

LAGO DO CORUMBÁ

Além de aproveitar as águas termais, quem gosta de ecologia e natureza deve visitar a imensidão do Lago do Corumbá, localizado em Caldas Novas. O local possui uma área de 65km² de água fria e foi formado pelo represamento das águas do rio Corumbá para alimentar a usína hidrelétrica do mesmo nome.

O lago trouxe inúmeras atrações para os visitantes, como a prática de esportes náuticos, passeios de barcos, pesca esportiva, além de vários, clubes espalhados pela sua orla. Tudo isso, sem contar o maravilhoso cenário, um dos cartões postais da cidade.

JARDIM JAPÔNES

O Jardim Japônes é um local que possui forte energia espiritual. É um passeio pelas tradições dos monges budistas que, desde o século XII, ultilizam jardins como este para fazerem suas medições e orações. Há toda uma simbologia oriental aplicada a cada detalhe. O chafariz da tartaruga, por exemplo, conota longetividade e tranquilidade.

O local foi construído na área da sede de uma antiga fazenda goiana da qual foram preservadas objetivos e instalações características da colonização da região. As antigas moendas de cana-de-açucar, as rodas d'agua, os carros boi, entre outros, estabecem um interessante constantecom a suavidade da cultura oriental.

CASARÃO DOS GONZAGA

As águas termais são o ouro molhado de Caldas Novas. A história da descoberta das água termais e do desenvolvimento da cidade podem ser vivenciadas em alguns pontos turísticos preservados na cidade. É o caso do Casarão dos Gonzaga, construídos em 1907 para a sede da fazenda do 1º prefeito da cidade e hoje abriga o centro de apoio ao artesão. O casarão é monumento histórico onde o visitante poderá conhecer a história riquíssima de Caldas Novas.

PARQUE ESTADUAL SERRA DE CALDAS

O PESCAN - Parque Estadual da Serra de Caldas Novas é uma boa opção de passeio. Está localizado entre os minicípios de Caldas Novas e Rio Quente, a 3km do centro de Caldas Novas. A Serra possui aproximadamente 130km². É lá que esconde o maior manancial de águas termais naturais do mundo com uma vazão superior a 8 milhões de litros por hora.

O parque, além de proteger a área de captação dos mananciais, constitui uma grande reserva de proteção à biodiversidade de cerrado e uma estação de estudos do bioma do cerrado. Para facilitar a visibilidade publíca do parque, foram demarcas três trilhas. A "Trilha da Cascatilha" é a mais curta, destin da-se a passeios mais leves, com áreas para piqueniques e banho de cachoeira. A "Trilha do Paredão" é um pouco mais difícil e exige certo preparo fisíco para a caminhada. A "Trilha Asa Delta" é uma percorrida com carro e possui uma vegetação mais fechada.